Psiquiatria e Sociedade

Mente, cérebro e gente

Multar ou empolgar – o que motiva mais?

with one comment

 Há algumas semanas vem fazendo muito sucesso nas redes sociais a metodologia que um pai criou para motivar os filhos. Cada criança tem uma planilha para sua mesada; na primeira linha há o valor total a ser pago no mês; nas linhas seguintes são discriminados uma série de comportamentos reprováveis, com o sua respectiva multa: não tomar banho, por exemplo, subtrai R$0,25; faltar à escola, R$1,00 e assim por diante. Como no fim do período as multas serão descontadas do valor total da mesada, as crianças teriam incentivos para se comportar bem.

Será?…

Leia a íntegra no Portal Estadão.

Anúncios

Written by Daniel M Barros

16/10/2013 às 4:26 PM

Publicado em Uncategorized

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Segundo os dados de pesquisa há grandes diferença no que se produz com as duas estratégias. Punir pode fazer o indivíduo evitar se comportar daquela forma, mas só será eficaz enquanto a contingência aversiva estiver em funcionamento. Reforçar comportamentos adequados pode produzir aumento na frequência desses comportamentos e com um planejamento de transição é possível que alguns desses comportamentos se tornem reforçadores em si mesmos, sem precisar de outros itens para mantê-lo.
    A literatura de Análise do Comportamento, experimental e aplicada, dá uma excelente suporte nisso.

    Luiz Freitas

    16/10/2013 at 4:38 PM


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: